quarta-feira, 1 de maio de 2013

Cultivo mútuo

Que floresça na rotina,
Aconteça nas risadas e nos cafés compartilhados
Permaneça naqueles momentos em que você achava que ninguém mais ficaria ao seu lado...
Que surja do carinho, da proteção, do afeto, do lar que um é para o outro
E que aconteça, continue acontecendo...

E ao acontecer você vai percebendo que não há acontecimentos soltos
Isso é destino, isso é acaso ou, para os descrentes, "mera coincidência"
Que seja uma mera coincidência a causa dos sorrisos sem precedentes
Ou que sejam por acaso todos os arrepios sentidos na pele
Que seja o destino, que esteja escrito na sorte, que brote, sobreviva,

Que seja amor.

Nenhum comentário: