sábado, 3 de março de 2012

Vênus em Peixes

Perdoe-me pelas lágrimas frequentes
Pelas palavras ausentes
Desculpe o meu ciúme
E o frio das minhas mãos

Amor dá calafrios, arrepios
É febre e oração
Machuca e cura por dentro
É tempestade, é alento
É sorriso e suspirar

Quem dera entender,
Eu, que só sei sentir (e cuidar)

Um comentário:

Diva disse...

Vênus em Peixes é o amor na sua forma mais pura, mais doce..