domingo, 4 de dezembro de 2011

Tempo de flores

Como se sente a menina com a flor no cabelo?
A menina que passou sem ninguém ver?
É um sei-lá-o-quê que dá aqui dentro
Um desespero, uma paz de repente
Ninguém notou a flor no meu cabelo
E ainda reclamam de gente que esconde o que sente.

4 comentários:

Juliana Sartori disse...

Amei teu blog, da uma olhadinha no meu. Abraço

http://melanciasfalantes.blogspot.com/

• Ӗwerton Ľenildo. disse...

Perfeito. Parabéns!
Adorei seu Blog, estou seguindo sem medo. :D
Eis o meu: papeldeumlivro.blogspot.com

Abraços.

Lucas B. Bernardi disse...

Flor poeta!

Você é...

Flor de um jardim invagável ao meu conhecimento, a flor que toda mulher deve carregar junto a cabeça. Flor que enfeita, encanta,
brota sentimento e cheira beleza.

Flor miúda, singela
que nega grandeza. Flor de muro,
de mesa, flor que sente,
"uma flor gente" flor decente jacente a cabeça, um enfeite!

Flor que é lírio, jasmim...
copo de leite.

Lucas B. Bernardi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.