domingo, 16 de janeiro de 2011

Confiança

Vista o sorriso que vier enquanto a vida
docilmente escapar-lhe pelos dedos
Você não precisa pintar máscaras
se enfrenta seus próprios medos

Se tudo estiver caindo por terra
e você vir o céu num véu escuro,
saiba que você é seu melhor amigo
e que consigo já estará seguro

Só não se perca no "eu me basto"
que este meu pequeno conselho deixa pressuposto
Entenda as lágrimas que lhe percorrem o rosto
e confie nas pessoas que mais lhe inspiram gratidão

(Não nesta ordem
pois a confiança nata, de lei,
não é opção
)

Nenhum comentário: