sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Minha culpa

Esse teu amigo de bicicleta
Eu conheço de outros carnavais
Já escrevi muito poema
Para o que agora não importa mais
Eram sorrisos trocados que eu adorava
- O que isto precedia
Chegou quando realmente demorava
O problema sempre foi comigo
E até hoje é um desencanto
É umas das coisas que com maior convicção admito
E que não mudará, pelo menos, por este enquanto.

Nenhum comentário: