terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Desequilíbrio que você me causa

(Sei que não, mas poderia ser)

Eu não tenho mais rimas prontas
como eu tinha, quando eu queria
Eram todos seus aqueles versos escritos em pensamento
Tudo o que foi motivo hoje eu enterro
- talvez em local seguro -,
ainda que com um pouco de vida,
enquanto procuro um alento menos prejudicial.

Nenhum comentário: