domingo, 26 de setembro de 2010

Física

A chuva que cai me leva embora com ela. Simples assim.
Só não devo me esquecer de duas ou três coisas...
A alienação nunca é completa.

É como numa apresentação de teatro:
a protagonista flutua leve e despreocupada, encenando.
Mas tudo não passa de uma atriz, meia-dúzia de cordas
(a sustentando para não cair), maquiagem e roupas bonitas.

Às vezes eu me esqueço de uma das leis mais importantes da Física.

2 comentários:

aluisio martins disse...

esse "esquecer" é próprio da poesia e de poetas, artistas que desafiam a gravidade imposta da vida.
belo blog, profundo.
abs

Cherry Bomb disse...

Lindo!

Bjuxx

http://un-necessary.blogspot.com/