domingo, 16 de maio de 2010

Breve momento insano

O céu hoje apareceu rabiscado com um lápis branco fazendo contornos, danças, voltas e piruetas. De manhã eu vi a lua, as estrelas e o drácula voando sem rumo; por volta do meio-dia, flores da meia-noite desabrochando aos montes; agora, fim de tarde, o Sol embriagado parece ser o último a ir embora da festa.
E depois eu que sou louca.

Nenhum comentário: